Em processo com ex-empresária, Anitta tem R$ 2,8 milhões bloqueados

(Foto: Instagram/Anitta)

Nesta segunda-feira (4), a Justiça do Rio de Janeiro bloqueou R$ 2,8 milhões de Anitta.



A decisão, realizada pela juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível do Fórum Regional da Barra da Tijuca, é um favor da empresária Kamilla Fialho, ex-empresária da cantora, que abriu processo contra ela por danos morais e para exigir prestação de contas, uma vez que Anitta não teria pago o valor de multa acordado ao romper antecipadamente o contrato com a 2KL, empresa de Kamilla, em 2014.


Com a decisão, o Banco central tem o prazo de 48 horas para averiguar se Anitta tem ou não condições de fazer o depósito do valor na conta judicial. A quantia estabelecida é menor que o valor total solicitado por Kamilla, algo em torno de R$ 14 milhões