O Outro Lado do Paraíso: Clara ficar arrasada com perda da guarda do filho

Reprodução/Globo


O juiz Gustavo será responsável pela processo da guarda de tomaz. O juiz acusará clara de não oferecer um ambiente saudável para o garoto por causa de sua presença de Beth em sua casa. "La vive uma mulher que já foi julgada. Inocentada sim, mas já foi dono de um bordel.
Eu me pergunto se será que uma boa para influencia do garoto, falou o juiz. Clara fala "E minha mãe! nós descobrimos recentemente, que mal poderia fazer para meu filho?".

O juiz falará que "A lei exige que eu siga regras. Esse tribunal reconhece que mãe biológica não tem condições de oferecer o lar ao menor. A lei pede que em caso desses a guarda seja oferecida ao parente consanguíneo mais próximo. No caso, a avó, que já compartilha  guarda. Dona Sophia Montserrat".

"Eu amo meu neto, de tudo meu coração. O senhor sabe, doutor, que o amor de uma avó é até mais doce. Se é melhor pro Tomaz, eu aceito", afirma a Sophia. Clara e Patrick ficam nervoso, e o advogado suplicará pelo menor direito de visita para mãe.

"demostrarei a benevolência deste tribunal. A mãe biológica, Clara Tavares, terá o direito de visita um dia por semana. Mas o menor deverá ser sempre acompanhado de uma assistente social, finalizar Gustavo.

Clara ficar arrasada com a decisão, mas Patrick  explicará que esperará para entrar com recurso  e que a situação poder ficar a favor dela no futuro. "Vamos esperar algum tempo, até que Tomaz se aproxime mais de você. Uma vez por semana, Clara É mais do que tem  hoje", amenizará.